Fascinantes e Impossíveis

Como todas as pessoas que levam a vida a sério, a Dorothy Parker tentou o suicídio várias vezes. Parece que à terceira o Robert Benchley (um humorista de quem era amiga) lhe escreveu a dizer: «Dorothy, pare com isso. Olhe que o suicídio faz mal à saúde.» Tomei conhecimento desta curiosa história num apêndice à poesia dela – que desconhecia, mas que confirma todo o seu extremamente agradável mau feito. Deixo aqui um divertido poema da senhora, que dedico a todos os homens, seja qual for a raça, o credo ou o pêlo, que sofrem neste Verão às mãos do fascinante mas cruel duplo XX.

The ladies men admire, I’ve heard,
Would shudder at a wicked word.
Their candle gives a single light;
They’d rather stay at home at night.
They do not keep awake till three,
Nor read erotic poetry.
They never sanction the impure,
Nor recognize an overture.
They shrink from powders and from paints …
So far, I’ve had no complaints.

[The Interview]

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s