Pensamentos sobre e para o mar

Momentos diários de contemplação à parte… ontem, depois de duas sessões solitárias de 20 minutos dentro de água, fui acusado pelos menos corajosos: “Isso, é que são saudades do mar!”
-“Nem imaginas!”

Quem nasce na costa é abençoado
O mar, para sempre, seu amigo salgado
Esse amigo, de imensurável imensidão
Aquele que nos ouve, na solidão

E quem não sabe do que vos falo
Jamais conhecerá semelhante regalo:
Deixar escorrer a confusão mental
Vê-la diluir em água e sal

Não só lágrimas, suas irmãs, ele aceita
Pares de pés enamorados
E os sorrisos mais rasgados
Todos fazem parte da sua receita.

Mas o possessivo egoísta, chama
Os sentimentos ele proclama,
De quem da sua brisa fugiu
O titã altruísta, quer ajudar,
Quer ouvir, quer curar,
Cada filho bastardo que partiu.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

4 respostas a Pensamentos sobre e para o mar

  1. pmramires diz:

    TOMÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁSSSSSSSSSS 😀

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s